Maia com Conselheiras Locais para a Igualdade

O Concelho da Maia tem duas Conselheiras Locais para a Igualdade – Maria Antónia Torres e Mafalda Roriz, e uma equipa para a Igualdade na Vida Local, liderada por Marta Peneda. E o dia escolhido pelo presidente da Câmara Municipal da Maia para assinar o despacho de nomeação – 8 de março, não podia ser mais adequado.

António Silva Tiago salienta que ao nomear como Conselheiras Locais para a Igualdade personalidades com um percurso profissional e cívico de “reconhecido valor”, a autarquia demonstra “ser este um assunto central da agenda do Município”.

Maria Antónia Torres é Partner e líder de Diversidade & Inclusão da PwC e Secretária Geral da PWN Lisbon (Professional Women Network). A maiata, Conselheira Local Externa, dedica-se há uma década ao tema da diversidade.

Está envolvida em várias organizações e projetos dedicados ao tema. O seu objetivo é construir uma sociedade mais inclusiva e que veja a diversidade como uma mais-valia, potenciadora de um crescimento sustentável das comunidades e dos países.

Já a Conselheira Interna nomeada é Mafalda Roriz, Diretora do Departamento de Desenvolvimento Social, Desporto e Juventude do Município.

No mesmo documento, o presidente nomeou a Equipa para a Igualdade na Vida Local, que é dirigida pela vereadora com o pelouro da Relação com o Munícipe e Cidadania, Marta Peneda.

O Município da Maia tem em curso a implementação do Plano Municipal para a Igualdade e a Não Discriminação, resultante de um protocolo celebrado com a CIG – Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género. As conselheiras locais para a igualdade e a equipa para a igualdade na vida local são responsáveis por propor e executar medidas que concorram para a territorialização da Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação 2018-2030 “Portugal + Igual” (ENIND), ao nível do Município.