Feira da Maia e de Pedras Rubras requalificadas

Já estão a decorrer as obras de requalificação dos espaços das feiras de Pedras Rubras e da Maia. As intervenções, que representam um investimento na ordem dos 2 milhões de euros por parte da Câmara Municipal da Maia, vão-se prolongar até 2022. O objetivo é compatibilizar o uso em dias de feira com um espaço urbano requalificado e de qualidade.
Em Pedras Rubras está-se a proceder à requalificação urbana de todo o espaço da feira, áreas urbanas e vias municipais envolventes, nomeadamente a Praça do Exército Libertador (Feira de Pedras Rubras), e toda a área envolvente à Capela Nossa Senhora Mãe dos Homens, Capela do Cristo Rei e Capela das Alminhas.
Alvo de intervenção vão ser também as áreas de circulação viária e pedonal, onde vão ser introduzidas melhorias ao nível da circulação pedonal para a mobilidade universal e implementados conceitos ao nível viário com o objetivo de regular o estacionamento, de forma a servir as necessidades locais.
Em dias de feira, pretende-se proporcionar uma gestão mais adequada da ocupação de lugares de tenda com viaturas.
As árvores existentes são para manter. A intervenção contempla, ainda, a colocação de mobiliário urbano com o intuito de melhorar a apropriação de todo aquele espaço público de estadia, comércio e lazer.

Em simultâneo, está a decorrer a empreitada de reformulação do mercado-feira da Maia. A intervenção vai requalificar todo o espaço público, de forma a melhorar as condições de funcionalidade da Feira da Maia, eliminando as barreiras arquitetónicas existentes.
Os espaços vão ser beneficiados com novos pavimentos e com um desenho geométrico mais atrativo e funcional de toda a feira, de forma a aumentar o conforto, quer dos feirantes, quer dos potenciais clientes.
Todas as árvores vão ser mantidas e, prevê-se a plantação de novos espécimes, para manter e reforçar a imagem urbana existente de bosque, promovendo o conforto de todo aquele espaço.
A Rua Nova do Souto, a sul da Feira da Maia, onde se situa a entrada principal, vai ser beneficiada aumentando a oferta de estacionamento público e disciplinando a fluidez de tráfego existente, que, por vezes, é dificultada durante a realização da Feira.
Além da requalificação e beneficiação, vai ser implementado um sentido único neste arruamento ligando-o à Avenida Visconde Barreiros, de forma a melhorar a fluidez do tráfego durante a realização da Feira da Maia.