Eixo Atlântico muda sede portuguesa para a Maia

É na freguesia de Águas Santas, mais concretamente, no edifício da Junta de Freguesia, que o Eixo Atlântico tem agora a sua sede portuguesa.
Até dezembro do ano passado, a sede do Eixo Atlântico encontrava-se na Ribeira do Porto, na zona classificada como património da humanidade pela UNESCO. Contudo, a cada vez maior procura turística no Porto, especialmente nesta zona, provocava algumas disfuncionalidades nos usos característicos de escritórios.
Por esse motivo, de comum acordo entre os Municípios do Porto e da Maia optou-se pela mudança.
As novas instalações, a Junta de Freguesia de Águas Santas, são num edifício moderno e dotado com todos os serviços, nomeadamente amplo estacionamento, acessibilidades, proximidade ao aeroporto para acolher reuniões internacionais, auditório de conferências, salas de reuniões.
O presidente da Câmara Municipal da Maia sublinhou que a disponibilidade do município em acomodar a sede do Eixo Atlântico é “expressão da nossa forma de entender e pôr em prática a cooperação institucional que defendemos”. António Silva Tiago afirmou que essa cooperação passa por “um entendimento político que compagina com a nossa visão estratégica de futuro, diante um Mundo cada vez mais interdependente, onde todos somos responsáveis por todos e onde tudo diz respeito a cada um de nós e à Humanidade inteira. Num Mundo onde já não há, não pode haver, lugar para os egoísmos nacionais ou regionais e onde a cooperação, já não é apenas uma opção, mas o caminho”.

O que é?
O Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular é uma entidade sem fins lucrativos que se dedica a apoiar iniciativas que fomentem a cooperação transfronteiriça, que nasceu em 1992.
Integram o Eixo Atlântico as principais cidades da Galiza e da região norte de Portugal. A Câmara Municipal da Maia é membro desde 1 de janeiro de 2015. O Eixo tem atualmente 38 membros que procuram trabalhar em conjunto no sentido da promoção do desenvolvimento e da coesão económica, social e cultural das cidades e das regiões abrangidas, nomeadamente, mediante a estruturação de um território comum.
As atividades do Eixo Atlântico dividem-se em quatro grandes grupos temáticos: turismo, cultura e educação, desporto e sustentabilidade.
A diversidade dos programas constitui uma oportunidade para o enriquecimento quer dos técnicos da Câmara da Maia, quer da própria sociedade civil do Município.